Uma questão que vem preocupando as mulheres nesse período de quarentena é relacionada aos cuidados dos cabelos, mais especificamente com o retoque de raiz que, depois de alguns dias já parece clamar por tinta… por isso, resolvemos fazer esse artigo, para ajudar quem está em casa e não tem como ir a salão.

Certamente, esse problema vem tirando o sono de algumas mulheres que não querem esperar a reabertura dos serviços, até porque, as chamadas de vídeo e videoconferências viraram tendência nesses tempos de pandemia, portanto, esse retoque não dá para esperar…

Apelando para quem sabe

Apesar de ser apenas uma fase, ninguém quer que os cabelos fiquem de várias  cores, por isso, se você tiver um profissional colorista de confiança, procure conversar com ele e, quem sabe, até conseguir uma assessoria à distância, nem que seja só para indicar a cor e a marca a ser usada para tingir seus fios, para que fique parecido com o restante.

No mais, se não tem intimidade com o profissional para saber o produto usado, para um retoque de emergência, vale apelar para uma tintura para cabelos pronta, vendida em farmácias ou lojas de cosméticos, pela internet.

Além do produto para retoque, é interessante adquirir outro produto para  cabelo como o Big Hair para fortalecer os fios e evitar a queda.

Raízes mais visíveis

A primeira dica é optar por retocar apenas as raízes mais visíveis, lembrando que é só um retoque emergencial, por isso, o ideal é se concentrar nas têmporas e no topo da cabeça.

Como a parte de trás da cabeça é mais difícil de visualizar, mesmo com a ajuda de um espelho, ela acaba sendo uma área mais propensa ao erro.

E mais, se seu cabelo for ruivo, a dica é deixar que seu cabeleireiro de confiança faça o trabalho. Lembrando que o ruivo é uma cor muito difícil de conseguir e mesmo pessoas com técnica podem ter dificuldade.

Comece repartindo bem o cabelo

Se o que quer (ou precisa) é apenas retocar aquelas raízes mais visíveis, a técnica que deve usar é a seguinte: reparta as mechas da região das costeletas, da orelha para frente do rosto, e do topo da cabeça, que começa a partir da altura das têmporas.

Para separar essa parte dos fios, use presilhas. Então, faça a coloração apenas nessa região, passando o pincel, com muita calma e atenção,  apenas na parte sem tintura, para não sobrepor as cores.

Truque para evitar irritações

Em algumas pessoas, as tinturas de farmácia costumam irritar um pouco o couro cabeludo, e isso por conta da formulação delas, nem sempre são tão tecnológicas.

Por isso, para evitar que a cabeça comece a coçar durante a pausa, a dica é apelar para um truque muito utilizado por muitos profissionais: adicionar à mistura, um sachê de adoçante.

Na verdade esse truque é muito no cabelo de quem tem alergia.

Só em último caso

Como a maioria dos salões costuma usar diferentes tinturas para chegar a um tom específico, ou mesmo, utilizam tinturas profissionais, muitas vezes o melhor é esperar essa fase passar.

Procure fazer sozinho se o seu caso for apenas para retocar fios brancos, já que são os mais que incomodam, valendo apelar para um retoque emergencial.

No mais, a dica é  não inventar, procurar não mudar a tonalidade em casa sozinha, lembrando que não poderá pedir socorro a nenhum salão caso venha fazer uma grande besteira.